Estamos Concientes e determinados de que só a diversidade dos seres vivos, constitui a "essência da vida" e de nossa energia ou força coletiva. Nosso objetivos são mudança! E isso estamos fazendo, com nossos projetos, idéias, e objetivo planetário comum de atuar local e globalmente - desenvolver sem devastar -, reconhecendo a importância da união, solidariedade, verdade, trabalho.
O sonhado desenvolvimento sustentável!
MENU
MAIS LIDOS
EVENTOS
Diretoria do IBF Eco Global
Personalidades
Parque Tecnológico Agroindustrial do Oeste
I Fórum de Planejamento de Cascavel/PR
SOS PLANETA TERRA
Boto-de-burmeister pode ser o próximo a entrar em extinção no rio Yang Tsé
Postado em 26/01/2007

"Embora ainda restem aproximadamente 1.400 Botos-de-burmeister no Yang Tsé, eles enfrentam o mesmo risco de extinção que o golfinho branco, devido ao excesso de navegação, à pesca ilegal, à poluição das águas e às hidrelétricas", disse Wang Kexiong, autor do projeto e especialista do Instituto de Hidrobiologia.

Entre as medidas reivindicadas, está a proibição total da pesca nos cursos médio e baixo do rio mais longo da China.

"Praticamente já não há peixes. Perante a dificuldade da pesca, as pessoas recorrem a práticas ilegais, como explosivos, descargas elétricas e até remédios para atordoar os peixes", disse Wang.

Embora a espécie esteja em sério risco de extinção, o Boto-de-burmeister tem nível de proteção dois, por isso os cientistas exigem que seja elevado para o nível um, o que significaria uma maior proteção.

Os pesquisadores também querem que o Governo dedique mais meios materiais e humanos para analisar a procriação da espécie em cativeiro e que estabeleça mais áreas de proteção naturais.

Segundo Wang, o projeto também reivindica mais autonomia para os departamentos locais de navegação para punir os pescadores ilegais e criar uma legislação específica para proteger os recursos do rio Yang Tsé.

"O Governo tem que mudar seu enfoque. Não pensar apenas em como utilizar o rio, mas também em como devolver seu caráter original quando era um rio de vida", ressaltou Wang.

A outrora rica biodiversidade do Yang Tsé, em cujas margens vivem 400 milhões de pessoas, está sofrendo um alarmante declive nos últimos anos em conseqüência do rápido crescimento econômico do país.

Se em meados dos anos 80 havia cerca de 126 espécies animais, em 2002 este número caiu para apenas 52, devido fundamentalmente à poluição causada por indústrias, fábricas de celulose e químicas, e ao excesso de navegação.
ENQUETE
A Amazônia corre risco de extinção?
Sim
Não
Pouco
Nunca acabará
WEB RÁDIOS
ECO GALERIAS
Ponte Molhada - Cascavel
Cascavel - por Sergio Sanderson
ARQUIVO SOS
NASA earth observatory
ÁREA RESTRITA

Informe a senha para acesso

ENTRAR

 
1794720 visitas.

R.Amazonas, 477 A

Cascavel | São Cristóvão

gilnei@ibfecoglobal.org

<a href="http://www.pevermelho.art.br">Pé Vermelho Comunicação</a> PeVermelho.art.br Waldemar Lutinski Rafael Lutinski Luis Carlos de Brito desenvolvido por Pé Vermelho Comunicação